Capital Destaques

INSTITUTO VEGAS

Nenhum Comentário
20/12/2017
Capital Destaques

INSTITUTO VEGAS

Nenhum Comentário
20/12/2017
Destaques

CONVITE MEU DIA DE CUIDADO

Nenhum Comentário
27/10/2017

Confiança vence o América-RN fora de casa

Publicado em: 11/09/2016     Imprimir artigo

Foto: Augusto Gomes / GloboEsporte.com

Foto: Augusto Gomes / GloboEsporte.com

Neste sábado, 10, o Confiança enfrentou o América-RN, na Arena das Dunas, num embate bem complicado em busca da permanência na Série C. Em meio a críticas, um jogador azulino roubou a cena em campo: Wallace Pernambucano chegou pra resolver a partida, abrindo o placar e contribuindo para a vitória do azulão por 2 a 0.

Nem a pressão exercida pelo alvirrubro potiguar rendeu efeito. E Felipe Cordeiro acabou sendo derrubado na área, conquistando um pênalti. A penalidade foi cobrada por Pingo, que ampliou o placar: 2 x 0.

Este resultado mantém o Dragão ativo na luta contra o rebaixamento. Somando 19 pontos no campeonato, o Confiança chega ao oitavo lugar no grupo A.

Na última rodada desta primeira fase, o time comandado pelo treinador Roberto Fernandes tem confronto direto com o Salgueiro. O jogo está marcado para o próximo domingo, às 19h, na Arena Batistão. Agora a chapa esquenta para Salgueiro e o próprio América-RN, que duela com o Remo, no mesmo dia e horário, no Estádio Mangueirão, em Belém.

Como foi o jogo

As duas equipes iniciaram a partida de forma muito intensa. Tanto rubros quanto proletários necessitavam da vitória, cada um buscava o resultado favorável à sua maneira Os donos da casa mais agudo no jogo, porém abria espaços para os visitantes, que aproveitava esses vazios tentando surpreender. Tão logo que observou esta falha no setor de marcação, o técnico Francisco Diá alterou o time ainda no primeiro tempo, tirou o atacante Alex Henrique e colocou o volante Richardson, alteração bastante contestada que gerou críticas imediatas por parte da torcida.

O time alvianil continuou optando por jogar no erro do adversário e deu certo. Aos 33 minutos, após cruzamento da direita Silvy não alcançou a bola, que chegou para Pingo. O atacante tentou o passe, mas errou. A bola sobrou do lado contrário para Wallace Pernambucano, que finalizou com categoria para as redes. Com isso, o América-RN se perdeu mais ainda taticamente. Os proletários ainda tiveram duas boas oportunidades de ampliar.

Na primeira, Pingo chutou para fora. Na segunda, já além do tempo regulamentar, o zagueiro Eron quase surpreendeu o goleiro Ricardo em cobrança de falta.

Após o retorno do intervalo, já no início da segunda etapa, o time do América-RN voltou mais encaixado e conseguiu assustar o adversário por duas vezes. Na primeira, Danilo “trocou figurinhas” com Thiago Potiguar pela esquerda, invadiu a área e deu um passe açucarado para Jussimar, que acabou errando ao completar para fora.

Na segunda oportunidade, Romarinho em boa condição de finalizar chutou à distância e passou perto do gol de Júnior Beliato. A pressão do time rubro de Natal continuou até os acréscimos da partida, mas sem maior efetividade.

Próximo do fim de jogo, cada equipe teve uma grande chance. Romarinho alçou bola da esquerda, Lúcio Curió completou o lance e a bola foi desviada para fora. Já aos 45, o Confiança chegou fácil ao ataque. Pingo alevantou a bola da esquerda, a bola passou pelo goleiro Ricardo, mas Gil Mineiro mergulhou na bola atrasado.

Quando se imaginava que o placar permaneceria em 1 a 0 para o time proletário, numa jogada em profundidade Felipe Cordeiro foi lançado, entrou na área e foi derrubado por Cleber, que foi expulso ao cometer o pênalti. Pingo foi encarregado da cobrança, deslocou o goleiro do América-RN, ao chutar certeiro no canto esquerdo baixo, ampliando para os azulinos.

Ficha Técnica do jogo

América-RN 0 X 2 Confiança

Gols: Wallace PE 33’1T / Pingo 50’2T

América: Ricardo, Danilo Baia (Luiz Eduardo), Cleber, Maracás e Danilo; Magno, Leomir (Lúcio Curió), Jussimar e Thiago Potiguar; Alex Henrique (Richardson) e Romarinho. Técnico: Francisco Diá.

Confiança: Júnior Belliato, Caíque, Mimica (Radar), Eron e Assis; Wallace Pernambucano (Lucas), Felipe Cordeiro, Thiago Silvy e Cascata (Gil Mineiro); Everton Santos e Pingo. Técnico: Roberto Fernandes.

Cartões Amarelos:

Magno (América)

Cascata e Caíque (ADC)

 

Cartões Vermelhos: Não houve.

 

Público e Renda:

Público Pagantes: 2.079

Público Não Pagantes: 664

Público Total: 2.743

Renda: R$ 13.259,50

 

Com informações do GE/SE

CompartilharShare on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Capital Destaques

INSTITUTO VEGAS

Nenhum Comentário
20/12/2017







© 2016 Instituto Vegas de Pesquisa de Opinião Pública EIRELI. Todos os direitos reservados.