Eliane firma parceria com Ministério Público em prol dos aracajuanos

Publicado em: 07/03/2017     Imprimir artigo

Construir um forte elo entre executivo municipal e Ministério Público, com a finalidade de desenvolver ações que beneficiem os aracajuanos, em especial na área social. Esse foi o objetivo da vice-prefeita e secretária de Assistência Social e Cidadania, Eliane Aquino,  ao visitar o procurador Geral do Ministério Público de Sergipe (MP/SE), Rony Almeida, na manhã desta segunda-feira, 6, na sede do MP. Acompanhada do secretário adjunto, Valdiosmar Vieira Santos, Eliane falou dos desafios que tem enfrentado à frente da Semasc e destacou  a importância da união entre os poderes em benefício da população.

“Em todas as áreas que passei sempre trabalhei muito perto do Ministério Público. Enxergo o MP como parceiro e não simplesmente como aquele órgão que é de fiscalização ou de cobrança.  Estamos em um momento tão difícil no município de Aracaju que precisamos de todos para realmente consolidar essa rede e, assim, sabermos como vamos atuar nela. Como o Ministério Público trabalha muito perto das linhas que a Secretaria de  Assistência trabalha, quero que sejamos parceiros em prol dos moradores de Aracaju”, enfatizou.

Durante a audiência, que contou, também, com a presença do procurador de Justiça Eduardo D’Ávila e da coordenadora Geral Christina Brandi, Eliane citou o Plano de  Habitação do município de Aracaju, que será elaborado pela Semasc, e a criação de abrigos para crianças e adolescentes.  Outro assunto abordado foi o alto índice de criminalidade na capital. Sobre a temática, Eliane frisou que um Plano Municipal de Enfrentamento à Violência já está sendo discutido, mas lembrou que a elaboração envolve vários processos e que ele “precisa ser construído por várias mãos”.

“Inclusive pela sociedade, que precisa entender para realmente poder ajudar o poder público. O papel do MP também é fundamental porque, através de suas promotorias, que lidam com essas questões diariamente, ele possui muitas informações, muitos mecanismos  que podem ajudar. O que queremos é construir um plano exequível, em que a população se sinta parte dele e o Ministério Público, que atua em todos os municípios e comunidades, possa estar próximo” expôs.

Eliane reforçou, ainda, que a Prefeitura de Aracaju quer construir uma gestão transparente, sem confrontos com o órgão. “Queremos fazer com que a administração seja muito clara e que tenha a participação de todos que queiram ajudar a população. Precisamos unir forças e, principalmente, ser transparentes, porque  assim conseguimos mostrar para eles o que queremos fazer e que estamos completamente abertos a contribuições. Assim todos ganham”, salientou.

À disposição

Bastante receptivo, o procurador geral Rony Almeida se colocou à disposição da prefeitura pelos próximos dois anos, período em que se mantém à frente do órgão. O procurador destacou que, no que depender do Ministério Público “tudo será resolvido de forma prática e objetiva”. Rony pediu que a gestão municipal “tenha um olhar especial pelos bairros Santa Maria e 17 de Março” e alertou que “a segurança é uma questão prioritária. A finalidade do poder público é melhorar o serviço público e mais nada. E você sabe Eliane que nós estamos à disposição para ajudar no que for preciso”, sustentou o procurador.

CompartilharShare on Facebook1Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Capital

REVISTA DOS BAIRROS-SANTO ANTÔNIO

Nenhum Comentário
17/10/2017
">
Gastronomia

Um oásis no sertão

Nenhum Comentário
04/10/2017







© 2016 Instituto Vegas de Pesquisa de Opinião Pública EIRELI. Todos os direitos reservados.