Capital Destaques

INSTITUTO VEGAS

Nenhum Comentário
20/12/2017
Capital Destaques

INSTITUTO VEGAS

Nenhum Comentário
20/12/2017
Destaques

CONVITE MEU DIA DE CUIDADO

Nenhum Comentário
27/10/2017

FAVS cobra da Funcaju maior democratização das artes visuais em Aracaju

Publicado em: 06/02/2017     Imprimir artigo

Da Redação

O secretário municipal da cultura, Silvio Santos, e o coordenador de cultura da Funcaju, Nino Karvan, receberam na manhã desta segunda-feira, 6, na sede da Funcaju, em Aracaju, os coordenadores do Fórum Permanente de Artes Visuais de Sergipe – FAVS, Crec Leão e Jordani Alcântara. A reunião foi motivada por conta do pleito de democratização do espaço da Galeria Álvaro Santos, localizada na Praça Teófilo Dantas.

“Dentro das diversas pautas que trouxemos hoje, a principal é que qualquer diretor que venha a assumir a galeria, participe diretamente de uma gestão democrática, aberta ao diálogo e às necessidades do artista sergipano”, colocou Jordani Alcântara. O objetivo é criar uma agenda nova para a Galeria Álvaro Santos, inclusive com a abertura de editais para seleção de exposições remuneradas e reabertura dos espaços da galeria aos artistas locais, como o Salão dos Novos, Salão de Escultura na Areia, o Salão de Fotografia e outros espaços.

Segundo Jordani, o FAVS vem seguindo todas as orientações do Ministério da Cultura – Minc e já conquistou a abertura de editais no âmbito estadual. “Nós seguimos exatamente o que o Minc diz que deve ter numa gestão democrática das artes visuais e já conseguimos abertura de editais para exposição da galeria J. Inácio junto à Secretaria de Estado da Cultura. Agora, buscamos o mesmo entendimento a nível municipal. E nosso objetivo é conquistar e reativar todos os espaços do estado de Sergipe, pois só assim conseguiremos valorizar e projetar o artista local”, colocou o coordenador.

O secretário Silvio Santos recebeu a todos do FAVS de maneira muito cordial e de pronto se mostrou aberto ao diálogo. “A demanda está dentro das premissas da Funcaju. E vamos firmar uma política de diálogo permanente e bastante democrática com o FAVS. Queremos construir isso juntos”, garantiu o secretário.

A ideia foi encampada pelo diretor de cultura da Funcaju, Nino Karvan. “Vamos sentar e construir um edital que contemple um calendário anual para ações na galeria e quem assumir a direção da galeria vai seguir as diretrizes já firmadas”, asseverou Karvan.

Segundo a Funcaju, a previsão de abertura do primeiro edital para concorrência à exposição na Galeria Álvaro Santos deve sair até o mês de abril. Ao final da reunião foi entregue uma minuta com modelo do edital praticado junto à Secretaria de Estado da Cultura e com todas as orientações do Minc.

CompartilharShare on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Capital Destaques

INSTITUTO VEGAS

Nenhum Comentário
20/12/2017







© 2016 Instituto Vegas de Pesquisa de Opinião Pública EIRELI. Todos os direitos reservados.