Destaques

CONVITE MEU DIA DE CUIDADO

Nenhum Comentário
27/10/2017
Destaques

CONVITE MEU DIA DE CUIDADO

Nenhum Comentário
27/10/2017

Governo inaugura novas unidades do Cisps em Rosário do Catete, Siriri e Muribeca

Publicado em: 13/02/2017     Imprimir artigo

A montagem dos Cisps nas três cidades foi possível graças a parceria entre o Governo do Estado e o Tribunal de Justiça (TJ)

Foto: Marcelle Cristinne/ASN
As populações de Siriri, Rosário do Catete e Muribeca ganharam nesta sexta-feira, 10, Centros Integrados de Segurança Pública (Cisps). O governador Jackson Barreto esteve nos municípios para inaugurar as três unidades que reúnem, no mesmo imóvel, forças das Polícias Militar e Civil. O objetivo desses espaços é ampliar as ações do setor, diminuir os índices de criminalidade, tornar mais rápido o tempo-resposta aos chamados e mais efetiva a resolução de inquéritos. A montagem dos Cisps nas três cidades foi possível graças a parceria entre o Governo do Estado e o Tribunal de Justiça (TJ), pois este cedeu a titularidade de uso de imóveis nos quais funcionavam fóruns do Poder Judiciário.

“Não são apenas prédios, mas sim instalações dignas para abrigar antigos e novos policiais. Mas, antes de tudo, temos que primeiramente reconhecer e agradecer ao desembargador Luiz Mendonça, então presidente do Tribunal de Justiça, que fez essa parceria, passando para o Governo do Estado os fóruns municipais para implantarmos os Centros Integrados de Segurança Pública. Acredito que houve realmente avanço no setor, não apenas levando em consideração as instalações físicas, mas, acima de tudo, a qualificação de pessoal”, comentou o governador.

Para o secretário de Estado da Segurança Pública, João Batista, inaugurar Cisps é oferecer dignidade, tanto para a população, quanto para policiais civis e militares. “Essa é uma ação fruto de planejamento, visto que estamos trabalhando há um tempo com o TJ. Isso é economia e praticidade para trazer rapidez na Segurança Pública em municípios de pequeno porte. Se fosse para construir um prédio desse nível, demoraríamos um ano. De modo que, em resumo, com esses Centros, trazemos conforto e melhoramos a autoestima de policiais e da comunidade que, num mesmo espaço, conta com vários serviços da SSP”, declarou.

Os antigos fóruns distritais de Siriri, Rosário do Catete e Muribeca foram adaptados para abrigar operadores de segurança pública. Para tanto, foram implantados: salas de recepção, de passagem, de reserva para material bélico e do comando da PM; dois gabinetes; arquivo; cartório; copa e cozinha; e alojamento. Para adaptar os imóveis, a Secretaria de Segurança Pública (SSP) realizou novas pinturas, realocou o mobiliário de onde funcionava as antigas delegacias e instalou divisórias para delimitar as áreas. A SSP dotou os imóveis de rede logística e comunicação digital.

De acordo com o delegado geral da Polícia Civil, Alessandro Vieira, a parceria entre o TJ e o Estado economiza para o governo mais de R$ 10 milhões. “Conseguimos, com os CISPs, atender adequadamente a população. De modo que esse é um momento muito feliz para todos, pois é mais um passo importante no objetivo final, que é a segurança do cidadão sergipano”, pontuou, acrescentando que, com as mudanças estratégicas na SSP em Sergipe, é perceptível o aumento do número de prisões em todo estado.

Siriri

Em Siriri, primeiro local onde o Cisp foi inaugurado nesta sexta, o governador declarou que estava satisfeito por poder oferecer ao município um espaço de trabalho integrado entre as polícias que, apesar de parecer simples, é uma estrutura engrandecedora. “Meu coração é de Siriri. Sei da preocupação com essa cidade querida, que me deu o bem mais precioso da minha vida, que foi minha mãe. Espero que esse Cisp realize, também, os sonhos das pessoas do município e que a segurança seja mais efetiva e presente na vida de todos”.

O morador e fiscal de obras de Siriri, Enoque Filho, comenta que o Centro Integrado de Segurança Pública é a melhor coisa que aconteceu em 2017 em sua cidade. “Vivemos problema da segurança e, graças a Deus, o governador viu com bons olhos nosso município e conseguiu inaugurar esse espaço. Já estamos nos sentindo mais seguros”, disse.

De acordo com o prefeito José Rosa, o município vai melhorar muito com o Centro. Ele agradeceu o esforço realizado pelo Estado e também pediu ajuda da polícia no combate às drogas, de modo para afastar crianças e adolescentes do mundo do crime.

Nesse sentido, o comandante geral da Polícia Militar, coronel Marcony Cabral, aproveitou a oportunidade para falar sobre o Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd). A iniciativa é desenvolvida pela Polícia Militar no sentido de promover um trabalho de conscientização por meio de parceria entre policiais, municípios e instituições de ensino.

“Fico muito satisfeito com a preocupação do prefeito e anuncio que vamos implantar o Proerd aqui no município. Esse é um programa de sucesso da PM. Nós precisamos educar a criança hoje, para que a violência não aumente amanhã. Vamos unir forças para enfrentar esse problema. O Proerd é um trabalho da Polícia Militar que tem efeitos a longo prazo e está aberto para ser implantado em qualquer lugar de Sergipe, desde que tenhamos parceria com os municípios e as escolas. Em Itaporanga, por exemplo, formamos 600 crianças. Fizemos isso em Tobias Barreto e já implementamos também em Aracaju e diversos municípios”, informou Marcony.

Rosário do Catete

No segundo município visitado nesta sexta, o governador Jackson Barreto foi recebido pelo delegado Adelmo Pelágio, responsável pelo Cisp de Rosário do Catete. O profissional de segurança pública relatou que a nova estrutura é muito importante não só para a população, como para os servidores civis e militares que trabalharão no local. Ele também acredita que o Centro é um ambiente que vai proporcionar mais qualidade de vida, motivação e, por sua vez, produtividade aos servidores.

“Estamos, hoje, vivenciando uma situação muito interessante na história de Sergipe, que é a estruturação da Segurança Pública. As Polícias Civil e Militar, além de contar com boas instalações, recebem efetivo novo, em grande quantidade. Temos novos policiais militares, agentes e escrivães, e estamos assistindo, também, a reestruturação dos órgãos periciais, como os Institutos Médico Legal e o de Criminalística. Portanto, vivenciamos uma época em que a segurança pública tende a ganhar bastante força e melhorar, proporcionando segurança para a sociedade sergipana”, ressaltou Pelágio.

Para o governador, o relato do delegado nada mais é que uma forma de reconhecimento pelo esforço feito pelo Governo do Estado na reestruturação da Segurança Pública. “Hoje, Pelágio dizia com satisfação que acabam de chegar aqui três recém aprovados no concurso da Polícia Civil. Adelmo, o senhor não sabe o esforço que fazemos com relação à situação financeira. Fizemos concurso para 100 policiais civis e já convocamos quase 200. Na polícia militar já são quase 1.300 aprovados. Além disso, trouxe a perícia, que não existia no estado, e estarei fazendo concurso para o Corpo de Bombeiros. Se todos os outros gestores tivessem feito seu dever de casa, hoje a situação da Segurança seria outra”, relatou Jackson.

Dos novos prefeitos empossados em 2017, o secretário João Batista conta que o de Rosário do Catete foi um dos primeiros a procurar e solicitar melhorias relacionadas à Segurança Pública no município. O gestor acredita que é preciso reforçar esse tipo de parceria e comenta que o interior sergipano vai ter cada vez mais estrutura. Um exemplo disso é a alocação no interior de arte dos novos policiais civis recém convocados.

“O governador está resgatando a segurança pública de Sergipe. Fez concurso da PM e já vai fazer outro. Fez seleção, também, para a Polícia Civil, algo que não acontecia há 12 anos, e todos os escrivães foram convocados. Jackson demonstra, de forma concreta, o compromisso com o povo e a segurança pública de Sergipe. Não é à toa que, depois de oito anos, estamos conseguindo baixar os índices de homicídio no interior”, comunicou Batista.

A servidora pública Ana Paula Vieira já vislumbra a melhoria da segurança no município. “O local onde o Centro se encontra é próximo a BR, numa zona de transição e estratégica. A população com certeza vai se sentir mais segura. Achei a estrutura muito boa e a comunidade está feliz”.

Já o prefeito Vino Barreto agradeceu ao governador, o secretário de Segurança e ao delegado Adelmo pelo apoio e atenção e disse que o Estado se prontificou a ajudá-lo. Além de solicitar a efetivação do trabalho na polícia no município, o gestor pediu a Jackson Barreto a doação de prédios para a prefeitura, como o imóvel da antiga delegacia.

Muribeca

Em Muribeca, outro depoimento de um profissional de segurança pública chamou a atenção do governador. Dessa vez foi o da delegada Suirá Paim, responsável pelo Cisp local. Ela relatou que com as melhorias implementadas pelo governo, além de um prédio para o Centro Integrado de Segurança Pública, foram designados para Muribeca cinco policiais civis, recém-aprovados e convocados no concurso, além de dois militares.

“Aqui não havia efetivo, o local de trabalho era inapropriado e a condição de trabalho era realmente inviável. Agora as condições de trabalho ficaram excelentes e demos um salto de qualidade. Recebemos cinco policiais novatos e agora o prédio novo, que vai ser excelente não só para a população, como para nós da segurança pública, pois teremos condições de trabalho e de atender a população. Essa é uma demonstração que o governo se importa com a segurança. O compromisso está sendo cumprido e aqui realmente ficou sensacional”, destacou a delegada de Muribeca.

Segundo Jackson Barreto, o depoimento de Suirá Paim foi de grande relevância. “A população precisa guardar na cabeça e no coração o que ela disse. A delegada contou que chegou aqui e não havia instalações dignas para um policial trabalhar, e que hoje vê instalações parecidas com as que foram entregues no Cisp em Malhada dos Bois”, pontuou o governador, acrescentando que, além dos três municípios desta sexta e o já citado em seu depoimento, já foram inaugurados Centros Integrados em Telha, Amparo de São Francisco, Canhoba e Nossa Senhora de Lourdes.

O vice-prefeito, Márcio Pinheiro, disse que o Estado levou uma grande ação para o município, de modo a melhorar e capacitar a segurança de Muribeca. “O senhor governador sempre que vem aqui, traz boas notícias. Na última vez, assinou ordem de serviço de pavimentação asfáltica, inaugurou clínica da saúde da família e praça”, complementou.

De acordo com o governador, é possível fazer mais por Muribeca e contribuir com outras obras de asfaltamento. Jackson também disse que o município já recebia obras de reforma da delegacia local, porém, com a oferta do Tribunal de Justiça de um espaço maior, o Estado optou por adotar o novo lugar, com o objetivo de integrar as ações policiais. “Resolvemos usar o antigo fórum, pois são instalações melhores e no centro da cidade, que dão visibilidade maior ao papel da segurança e levanta a autoestima dos servidores, por trabalharem num ambiente mais digno e honrado”.

Ainda no que diz respeito às melhorias na Segurança Pública em Sergipe, Jackson Barreto comentou que, atualmente, há 247 profissionais convocados para a Polícia Militar sendo preparados para atuar em Sergipe, inclusive no interior. “E em março chega a Força Nacional. Não vou dizer que ela vem salvar Sergipe, pois quem salva são as polícias Civil e Militar de Sergipe, que têm expertise na área. Mas a Força é importante e vai contribuir no estado”.

Presenças

As solenidades desta sexta-feira, 10, contaram com a presença do deputado estadual Robson Viana; secretários de Inclusão, José Macedo Sobral, e de Comunicação, Sales Neto; superintendentes executivos da Segurança Pública, José Pereira Andrade Filho, e  da Casa Civil, Conceição Vieira; comandante geral do Corpo de Bombeiros, coronel Eduardo Carlos Santos Pereira; ex-deputado estadual e coordenador de relações institucionais do governo, Jorge Araújo; presidente da Cohidro, Antônio Felizola; diretor presidente da Fundação Aperipê, Givaldo Ricardo; comandante do policiamento militar do interior, coronel Iranildo Campos; coordenador das delegacias do interior, delegado Fábio Vieira; prefeitos de Santa Rosa de Lima, Júnior Macarrão, Maruim, Jeferson Santana; delegada do Cisp de Siriri, Mariana Gomes; vice-prefeita de Siriri, Zelina de Oliveira Santos; presidente da câmara de Siriri, Jobson Cruz; e a ex-prefeita de Muribeca, Sandra Conserva.

CompartilharShare on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Destaques

CONVITE MEU DIA DE CUIDADO

Nenhum Comentário
27/10/2017







© 2016 Instituto Vegas de Pesquisa de Opinião Pública EIRELI. Todos os direitos reservados.