Capital Destaques

INSTITUTO VEGAS

Nenhum Comentário
20/12/2017
Capital Destaques

INSTITUTO VEGAS

Nenhum Comentário
20/12/2017
Destaques

CONVITE MEU DIA DE CUIDADO

Nenhum Comentário
27/10/2017

Governo promove a X Olimpíada Ambiental de Sergipe

Publicado em: 17/03/2017     Imprimir artigo

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semarh), lançará a X Olimpíada Ambiental no dia 21 de março, às 9h, no Teatro Atheneu. Criada para o público estudantil e professores das escolas públicas e particulares do Estado de Sergipe, a Olimpíada tem como objetivo motivar ações de caráter educativo, visando estimular a reflexão sobre questões e problemas relacionados ao meio ambiente sergipano, influenciando para um desejo mais forte de aprender, conhecer, pesquisar, investigar e discutir ações humanas.

As inscrições para participar da X Olimpíada Ambiental vão de 24 de março a 12 de maio. Com o tema “Água Residual: O que fazer e como reutilizar?”, que será trabalhado pelo público infantil, fundamental menor, fundamental maior, ensino médio, curso técnico e ensino superior, a Olimpíada será encerrada com chave de ouro durante a  Semana Nacional do Meio Ambiente, mais especificamente no dia 9 de junho de 2017.

De acordo com o secretário de Estado do Meio Ambiente, Olivier Chagas, a ideia da Olimpíada é contribuir para a criação de uma nova consciência voltada para o desenvolvimento de um comportamento responsável, caracterizado por uma conduta pró-ambiental e os valores ético-ecológicos.

Segundo Valdinete Paes, superintendente de Qualidade Ambiental, Desenvolvimento Sustentável e Educação Ambiental (SQS), da Semarh, nesta edição os trabalhos que serão construídos pelos participantes serão avaliados, visando a capacidade de expressão e clareza das ideias e dos argumentos, valorizando os trabalhos redigidos na forma padrão da língua portuguesa, a capacidade dos autores em compreender e expressar um conjunto de questões ou problemas referentes ao tema.

“Nesta Olimpíada Ambiental, vamos priorizar os trabalhos que melhor expressem o tema proposto, a fim de que desenvolvam habilidades e competências sobre o assunto, consolidando conhecimentos gerais acerca de questões e problemas ambientais do mundo atual, como também, valorizar o potencial criativo e cultural dos professores que já desenvolvem diariamente atividades inovadoras relacionadas ao cuidado com meio ambiente”, esclarece Valdinete.

A primeira Olimpíada Ambiental foi lançada em 2007, com temas voltados para a preservação e iniciativas do público docente e discente, que criaram vários trabalhos nas modalidades de Arte, Produção de Texto e Projetos, tendo a participação de 23.788 estudantes, 526 professores, 1.253 instituições e 15.700 trabalhos apresentados da 1ª a 9ª edição.

 

Como participar

As inscrições para a X Olimpíada Ambiental deverão ser realizadas a partir das 8h do dia 24 de março até as 18h do dia 12 de maio de 2017 e sem prorrogação, através do preenchimento da ficha de inscrição disponível no site www.olimpiadaambiental.se.gov.br, pelos professores responsáveis por acompanhar os trabalhos de seus alunos nas instituições de ensino, inclusive a dos próprios professores que forem participar, respeitando rigorosamente o que está determinado no Regulamento da X Olimpíada Ambiental.

A coordenadora da X Olimpíada Ambiental, Conceição Jeane, informa que os trabalhos dos alunos inscritos deverão, obrigatoriamente, ser coordenados por um professor. “Além disso, é obrigatória a inscrição de todos os estudantes que participarem da primeira etapa classificatória da Olimpíada em cada colégio e dos professores orientadores dos trabalhos até a data de 12 de maio de 2017”, reforça Jeane.

Modalidades

A X Olimpíada Ambiental de Sergipe se divide em três modalidades, contendo subdivisões:

Modalidade 1 – Arte: Os trabalhos devem conter uma ou mais linguagens artísticas, confeccionados de forma que possibilite identifica-lo com o tema da X Olimpíada Ambiental escolhido nas subdivisões: Pintura, Escultura, Colagem, Cartaz, Maquete e Quadrinhos.

Modalidade 2 – Produção de Texto – Os trabalhos devem explorar qualquer uso, forma e estilo literário de acordo com o tema da X Olimpíada Ambiental e de fácil entendimento, respeitando as normas gramaticais, de acordo com as subdivisões abaixo, sendo aceitos nesta modalidade exclusivamente trabalhos em:Redação, Poema, Crônica, Cartilha e Literatura de cordel.

Modalidade 3 – Projetos (categoria exclusiva dos professores) – Trabalhos novos ou já em desenvolvimento com no mínimo 10 laudas, relacionados com o tema central da X Olimpíada Ambiental, que tenham como objetivo apresentar estratégias pedagógicas que possam contribuir para o processo de ensino e aprendizagem propondo um conhecimento mais dinâmico, significativo e interessante.

Conceição Jeane alerta que alunos do ensino infantil só poderão concorrer na Modalidade I – Arte, no trabalho especificado na subdivisão condizente com a categoria. “Não serão aceitos trabalhos feitos com isopor, pois este tipo de material não poder ser usado para reciclagem. Todos os trabalhos poderão ser apresentados de forma individual e/ou coletiva, desde que sejam inéditos e originais”, acrescentando que “só serão aceitos trabalhos coletivos com no máximo cinco integrantes de alunos pertencentes à mesma categoria e de até três integrantes de professores”. Acima desses quantitativos, serão automaticamente desclassificados.

O sistema irá permitir apenas duas inscrições por aluno para duas modalidades escolhidas, ou seja, uma inscrição em grupo e uma inscrição individual. A regra também serve para o professor que poderá se inscrever uma vez para projeto individual e uma vez para projetos em grupo, sendo identificadas as duas inscrições através do número do CPF e restringindo outras inscrições.

A X Olimpíada Ambiental de Sergipe se divide em sete categorias: I – Alunos do ensino Infantil – (Exclusivo para a modalidade Arte); II – Alunos do Ensino Fundamental Menor; III – Alunos do Ensino Fundamental Maior; IV – Alunos do Ensino Médio; V – Alunos do Curso Técnico; VI – Alunos do Ensino Superior; VII- Professores.

CompartilharShare on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Capital Destaques

INSTITUTO VEGAS

Nenhum Comentário
20/12/2017







© 2016 Instituto Vegas de Pesquisa de Opinião Pública EIRELI. Todos os direitos reservados.