Destaques

CONVITE MEU DIA DE CUIDADO

Nenhum Comentário
27/10/2017
Destaques

CONVITE MEU DIA DE CUIDADO

Nenhum Comentário
27/10/2017

Itabaiana recebe obras que ultrapassam R$ 212 milhões em investimento

Publicado em: 30/08/2016     Imprimir artigo

96298507711302efd371c770d79d8c53Principal cidade da região Agreste, Itabaiana recebe R$ 212.467.293,72 de investimento do Governo do Estado em diversos setores, beneficiando toda a população. Quem quer praticar esporte e busca uma opção de lazer, terá um moderno ginásio poliesportivo, o segundo maior do estado. Para fornecer mais qualidade de vida, os moradores terão acesso a abastecimento de água. O saneamento vem das obras de esgotamento sanitário que, em sua primeira etapa, estão com mais de 75% das intervenções realizadas. E para quem deseja comprar, vender e escoar produtos agrícolas poderá usufruir, respectivamente, de modernas instalações da nova Central de Abastecimento (Ceasa) e da Rota do Agreste, rodovia que liga Itabaiana a Itaporanga.

Realizadas pelo Governo do Estado, por meio do programa Águas de Sergipe, as obras de esgotamento e drenagem têm investimento superior a R$ 67 milhões, darão cobertura de quase 100% em saneamento básico a Itabaiana, evitarão inundações na sede da cidade e que não só o esgoto seja tratado, como o açude da Marcela, que atende a região, seja despoluído. A primeira etapa de esgotamento sanitário já está mais de 75% concluída, e tem previsão de ser finalizada no primeiro semestre de 2017. A intervenção, orçada em R$ 22,4 milhões, promove, inicialmente, coleta de esgotos no centro de Itabaiana, que já conta com rede implantada.

“A tecnologia utilizada é a mais moderna possível para levar água tratada, através de estações elevatórias, resolvendo de uma vez por todas a questão do esgotamento sanitário em todo o município. Apesar de ser uma obra que não se mostra, porque acontece debaixo do chão, trata-se de uma ação grandiosa que vai beneficiar a população itabaianense de forma substancial. Além de despoluir o local, a intervenção ainda vai beneficiar o açude da Marcela, local que hoje é utilizado para despejo de dejetos sanitários da cidade. Porém, após a intervenção, terá condições de ser utilizado para lazer e prática de esportes. Todo esse investimento vai dotar o município de uma cobertura de quase 100% em saneamento básico. Ou seja, o Estado vai resolver dois problemas de uma vez só: inundação e poluição”, explicou o secretário de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos, Olivier Ferreira das Chagas.

Para a produtora rural Jarcena Lima, as intervenções chegam em bom momento. “Essas obras de esgotamento são muito importantes, ainda mais porque o açude recebe muitos dejetos e têm muitos agricultores que usam essa água para irrigar. E com o uso da água limpa, já tratada, vai haver melhoria da qualidade das hortaliças e também da saúde da população. Acredito que as intervenções vão valorizar mais a produção de alimentos em Itabaiana”, declarou.  Já o aposentado Josivaldo de Santana comenta que a despoluição do riacho vai permitir que ele volte a comer peixes da região, assim como fazia quando adolescente.

O engenheiro da Companhia de Saneamento de Sergipe (Deso), Wilson Lima, explica que a obra de tratamento de esgoto é moderna e conta com tecnologias utilizadas em poucos lugares no Brasil, como a ultravioleta. “É um tratamento pioneiro no país. Já temos uma estação de tratamento em Aracaju que utiliza, e estados como São Paulo e Paraná também adotam. É o que tem de mais moderno em termos de intervenção final, e que o governo trouxe para cá”, explicou. O tratamento ultravioleta possibilita a realização de filtragem e refino da água para que ela seja despejada posteriormente no rio.

Com relação à segunda etapa da obra, que abrange também a drenagem, está orçada em R$ 45 milhões, e a licitação encontra-se em processo de aprovação pelo Banco Mundial. Nessa fase final, será separado esgoto de drenagem, além da construção de uma galeria para que a água de chuva seja levada para o açude da Marcela de forma limpa, e toda a rede de esgoto na cidade de Itabaiana siga para estação de tratamento. A drenagem é necessária para evitar que, assim como em 2007 e 2014, a cidade de Itabaiana passe por inundações.

Ceasa

Conhecido por ser um município com grande movimentação comercial, Itabaiana irá receber nova Central de Abastecimento de Alimentos (Ceasa) para promover o desenvolvimento, regularizar e organizar a comercialização dos produtos de hortifruticultura. A obra do Governo de Sergipe é realizada pelo Programa de Apoio ao Investimento dos Estados (Proinveste) e orçada em R$ 28.856.636,51.

Quem está ansiosa pela construção da Ceasa é a aposentada Bernadete dos Reis. Ela conta que a cidade precisa de um local como esse, pois a Central utilizada atualmente já não suporta o volume de comerciantes e compradores. “Moro aqui há 40 anos e vejo que no espaço usado agora fica muita gente amontoada durante a semana. Então o povo clama por uma Ceasa nova, mais organizada e higiênica”. O policial militar Edinaldo Barbosa, por sua vez, conta que, desde que chegou a Itabaiana, em 1992, a população ouve que ganhará uma nova Central. “Agora parece que finalmente vai acontecer”, complementou. O feirante João dos Santos também fez questão de comentar sobre o novo espaço de comercialização. “Estou ansioso para que a nova Central fique pronta e imagino que vá ficar mais bonita, larga e limpa, e que cada feirante tenha seu espaço”.

A nova Ceasa é projetada para comercialização de cereais, verduras, frutas e outros produtos. Serão 213 boxes, além de pequena câmara frigorífica, que permitirão que comerciantes se adequem às condições de higiene exigidas pelos órgãos de fiscalização. Com serviços executados pela Secretaria de Estado de Infraestrutura (Seinfra), a Ceasa ficará localizada em terreno de 34.528,87 m² e terá área construída de 10.652,58 m², com três blocos de comercialização (A, B e C), praça de alimentação, guaritas e casas de lixo e de gás. O local terá, ainda, farmácia, lotérica, boxes de venda de produtos agrícolas, legumes, hortaliças, frutas, grãos, raízes, tubérculos e carnes. Haverá espaço para varejistas e setor de atacado, lojões, salas de administração e banheiros, inclusive para pessoas com deficiência.

Rota do Agreste

Em consonância com o comércio pujante de Itabaiana, o Governo do Estado promove a construção da Rota do Agreste, rodovia de 52 km que ligará o município à BR-101 na altura do município de Itaporanga, especificamente no povoado Aningas. Com R$ 63 milhões frutos do Proinveste, a estrada fortalecerá a economia da região, pois cria uma nova variante rodoviária no estado e facilita o escoamento da produção agrícola regional para a região sul de Sergipe e também para a Bahia.

De acordo com o engenheiro do Departamento Estadual de Infraestrutura Rodoviária de Sergipe (DER), Geraldino Vieira, a obra da Rota do Agreste está 45% concluída. São 50 máquinas e 78 homens trabalhando na terraplanagem, drenagem, colocação de cercas, limpeza mecânica e lançamento de sub-base. A rodovia SE-255 integra a política estadual de ampliação da malha viária do estado, oportunizando melhores condições de vida para a população, valorizando propriedades e encurtando distâncias.

O caminhoneiro César de Souza vislumbra os benefícios da obra. “Com a Rota do Agreste, vai ser mais prático para pegar a BR-101. A estrada vai proporcionar a diminuição de gastos com consertos de veículos, que acabam se danificando em outras estradas mal cuidadas. A população aprova essa obra”. O policial militar Edinaldo acredita que Itabaiana vai se crescer mais com a rodovia. “Um local desenvolvido como esse precisava de um benefício para o escoamento da produção. Com essa estrada, o acesso ao município também vai melhorar, assim como a economia local”.

Ginásio poliesportivo

O segundo maior ginásio poliesportivo do estado segue em obras em Itabaiana. O espaço, erguido com recursos do Programa Sergipe Cidades e orçado em R$ 13.599.402,40, é um incentivo ao desenvolvimento dos esportes no interior, especialmente do vôlei, basquete e futsal. A intervenção já tinha sido autorizada em novembro de 2015, mas foi paralisada por problemas na empresa vencedora da licitação. De acordo com o encarregado geral da obra, Dario Santos, atualmente ocorre à montagem da estrutura de concreto armado, a qual já está 80% concluída. O próximo passo é fazer elevação das treliças para colocar a cobertura do ginásio.

A estudante Larissa Laís de Souza está ansiosa para o fim da construção, pois pretende voltar a praticar atividade física na área. “Antes eu brincava lá e jogava bola com as colegas, mas tinha muito buraco e a gente acabava se machucando. Agora com esse ginásio não vou precisar ficar debaixo de sol e vai ser melhor”. Assim como a jovem, a aposentada Helena Dias disse que vai usar o ginásio poliesportivo. “Até eu vou arrumar umas velhinhas para jogar bola, fazer caminhadas no ginásio e perder peso comigo. Estou animada para usar o espaço e vou até levar meu neto para brincar de skate e andar de bicicleta”.

O ginásio poliesportivo terá arquibancada com 2.376 lugares e área para 28 cadeirantes. Localizado nas ruas Leandro Maciel e Coronel Sebrão, o espaço está sendo erguido numa área de 21.973,15 m², e terá área total construída de 5.558,67 m². Haverá estacionamento para ônibus, e também para carros, com 220 vagas. Além disso, o local contará com vestiários para equipes e juízes, salas de administração, de aquecimento, e para atendimento médico, tribuna com 118 lugares, cabines de transmissão de rádio e TV, e recursos para pessoas com deficiência.

Abastecimento de água

Na área de abastecimento de água, Itabaiana recebe investimentos através da ampliação do sistema integrado do Agreste. São R$ 40.011.254,81, sendo R$ 36.010.129,33 do Ministério das Cidades e R$ 4.001,125,48 do Governo do Estado, destinados a intervenções que também compreendem os municípios de Areia Branca, Campo do Brito, São Domingos e Macambira. Dentre as ações propostas, há nova adutora entre Areia Branca e Itabaiana, novos reservatórios apoiado de 2.000 m³ e elevado de 100 m³, além de melhorias na rede de distribuição.

Para o descarregador de mercadorias José dos Santos, a melhoria no abastecimento vai permitir que os moradores tenham acesso contínuo a água. “Vai ser melhor para todo mundo viver aqui”, pontuou. Já a aposentada Bernadete dos Reis destacou que as intervenções na área oferecem mais dignidade para a população.96298507711302efd371c770d79d8c5396298507711302efd371c770d79d8c5396298507711302efd371c770d79d8c53

CompartilharShare on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Destaques

CONVITE MEU DIA DE CUIDADO

Nenhum Comentário
27/10/2017







© 2016 Instituto Vegas de Pesquisa de Opinião Pública EIRELI. Todos os direitos reservados.