Capital Destaques

INSTITUTO VEGAS

Nenhum Comentário
20/12/2017
Capital Destaques

INSTITUTO VEGAS

Nenhum Comentário
20/12/2017
Destaques

CONVITE MEU DIA DE CUIDADO

Nenhum Comentário
27/10/2017

Mais de 300 famílias ganham acesso à água potável em Carira

Publicado em: 29/09/2016     Imprimir artigo

Fotos: Victor Ribeiro/ASN

Fotos: Victor Ribeiro/ASN

Os moradores de quatro povoados de Carira que dependiam de água da chuva ou do abastecimento de carro-pipa contam, a partir desta quarta-feira, 27, com sistemas de dessalinização do programa Água Doce. O governador Jackson Barreto foi até o município para inaugurar os equipamentos que irão minimizar o sofrimento e promover qualidade de vida para 306 famílias. Ao todo, foram investidos aproximadamente R$ 520.000.

“Pela época de crise e seca que estamos passando, esse momento de entrega de água é singelo. Quando a gente passa por propriedades que perderam a plantação de milho, o fato de trazermos água de qualidade, é trazer alegria para a população”, declarou Jackson Barreto.

Solidarizado com a situação do assentamento Luiz Carlos Prestes, após ouvir o pleito dos moradores, o governador se comprometeu a instalar um sistema de dessalinização na comunidade, localizada também em Carira. “Acho muito importante a presença do governador no sertão nessa época de seca, que castigou muito a região. Água é vida e esse investimento ajudará também na agricultura familiar”, explicou.

A representante do assentamento, Neuza Maria Lourenço, comenta que mora no local há 17 anos e está satisfeita com a notícia sobre o dessalinizador. “É uma felicidade muito grande, uma bênção. Eu vim falar com o governador para pedir água potável e nós fomos ouvidos”, relatou.

Os quatro sistemas de dessalinização entregues nesta quarta objetivam ampliar o acesso das comunidades rurais à água potável e funcionam nos povoados Bezerra, Lagoa dos Porcos, Três Tanques e Macacos. Os equipamentos serão operados pelos próprios membros das comunidades, que passaram por capacitação e, nesta tarde, receberam certificados de formação.

No povoado Bezerra, aproximadamente 250 habitantes ganharam acesso ao sistema de dessalinização, que tem custo médio de R$ 130.000. As cerca de 50 famílias do local e das demais comunidades são agricultoras e atuam no plantio de feijão e milho.

A agricultora Maria Conceição de Jesus elogiou o sistema e disse que vai facilitar a vida da comunidade. “Agora vamos ter água para beber e cozinhar. Esse dessalinizador era algo que a gente esperava muito. Estou muito contente”.

A segunda comunidade beneficiada foi a de Três Tanques, onde quase 500 moradores passaram a receber água potável sem ter que se deslocar por longas distâncias ou aguardar pelo abastecimento de carro-pipa.

“Estou muito feliz porque faltava muito água aqui, e esse equipamento facilitou bastante a vida da gente. Recebi treinamento e ficou mais fácil mexer no dessalinizador. É um sistema que traz um benefício muito grande. Aqui  o clima é seco, falta água e o fato de a gente saber que tem água própria para o consumo é muito bom. Vai ter água boa tanto para beber, como para os afazeres diários”, exaltou a estudante Érica da Conceição, que agora está apta a operar o aparelho no povoado Três Tanques.

O secretário de Estado de Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semarh), Olivier Chagas, comenta que cada família recebe, no mínimo, por dia, 40 litros de água. Já para escolas e postos de saúde são destinados, no mínimo, 80 litros. “Nós estamos trazendo água doce para uma comunidade que não dispõe, que estava dependendo de um poço salinizado. A água é de qualidade e atestada que é adequada para uso humano. As comunidades não vão ficar mais a mercê de carros-pipa e terão água potável a sua disponibilidade”, declarou.

O terceiro local onde houve inauguração do dessalinizador foi o povoado Lagoa dos Porcos, que conta com 400 habitantes. A comunidade possui uma escola municipal que atende às crianças da região e de localidades vizinhas e posto de saúde que acolhe a região. O abastecimento principal de água provém de caminhão-pipa que abastece a cisterna da unidade de ensino duas vezes por semana.

Já no povoado Macacos, cerca de 300 pessoas em situação de extrema pobreza comemoraram a chegada de mais uma alternativa de abastecimento de água potável. “Agora a gente tem água para beber. Os tanques aqui eram todos secos e a água era barrenta. A gente tinha que comprar garrafa d’água. Era uma situação difícil, pois era muito caro. Agora, graças a Deus, tudo vai ficar mais fácil para todos”, comemorou Augusto Pereira.

O dessalinizador opera da seguinte forma: a água recebe pressão no equipamento e passa por membrana que retém o sal. Posteriormente, pelo local saem dois tubos. Um libera a água doce e o outro água salgada. Esta segue para um tanque revestido de PVC. De lá ela evapora. Já a água doce serve para o abastecimento da comunidade.

Programa Água Doce

O programa Água Doce é uma ação do Governo Federal, que em Sergipe prevê a implantação de 33 sistemas de dessalinização no valor de R$ 6.652.305,90. Ao todo, serão beneficiadas 2.757 famílias. Em sua primeira fase, serão instalados 25 equipamentos, promovendo acesso à água a 1.975 núcleos familiares de sete municípios e 25 comunidades de Poço Redondo, Canindé de São Francisco, Porto da Folha, Monte Alegre de Sergipe, Nossa Senhora da Glória, Poço Verde, Carira, Simão Dias e Tobias Barreto.

O primeiro município a ter um sistema de dessalinização instalado foi Poço Redondo, na comunidade remanescente quilombola Serra da Guia. Também já foi entregue um sistema em Aningas, em Nossa Senhora da Glória.

Presenças

Acompanharam as solenidades o deputado federal Fábio Mitidieri, o secretário de Estado da Comunicação, Sales Neto, o ex-deputado federal Rogério Carvalho, o ex-prefeito de Carira, Bosco Machado, e o ex-vice prefeito do município, Geofrâncio Reis.

CompartilharShare on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Capital Destaques

INSTITUTO VEGAS

Nenhum Comentário
20/12/2017







© 2016 Instituto Vegas de Pesquisa de Opinião Pública EIRELI. Todos os direitos reservados.