Prefeitura de São Cristóvão cria Gabinete de Situação para tratar dos problemas decorrentes das fortes chuvas

Publicado em: 20/03/2017     Imprimir artigo

Desde o início da manhã do último sábado, 18, o prefeito de São Cristóvão, Marcos Santana esteve visitando regiões da cidade que foram atingidas pelas fortes chuvas. Segundo avaliação da equipe da prefeitura, nas ruas: Rodagem Jardim, Jardim Universitário, Félix Pereira, Beira Mar, Graccho Cardoso, Enseada na Av. Irineu Neri, Lourival Batista, Beco do Beiju e as rodovias 262 (trecho da Divinéia e final do Barreiro) e a 062 (que dá acesso ao povoado Rita Cacete), as chuvas deixaram rastro de medo na população, resultado de diversos pontos alagados.

Para avaliar os problemas e imediatamente colocar a prefeitura nas ruas para buscar alternativas emergenciais, Marcos Santana convocou as secretarias da: Educação, Assistência Social e do Trabalho, Fazenda, Infraestrutura (Obras), Governo, Serviços Urbanos, Saúde além da Procuradoria do Munícipio e também a Defesa Civil criando assim o Gabinete de Situação – forma de levantar os transtornos causados pela enchente, já empregando ações emergenciais, que minimizem os efeitos das chuvas. Entre os diversos pontos críticos mapeados, já se registrou que uma casa (localizada no Beco do Beiju) ficou parcialmente destruída, porém, a secretária de assistência social e do trabalho, Fernanda Santana e sua equipe já estão dando total apoio aos moradores.

Ação efetiva

Ainda na tarde de ontem, o prefeito e seu secretariado continuaram visitando as localidades atingidas pela chuva, e conversando com a população para diagnosticar os problemas. Como a estimativa da meteorologia era de chuva até a noite do sábado (o que não ocorreu), a palavra de ordem da prefeitura, para os próximos dias, é: cuidar da população atingida diretamente pelas chuvas e enchentes. Assim, a secretaria de serviços urbanos encaminhou equipes para limpeza (com retroescavadeiras para desobstruir pontos alagados). O resultado da ação já trouxe mais tranquilidade aos moradores das áreas atingidas.

Segundo o coordenador da defesa civil do município, Luciano Silva Santos, a situação foi normalizada. “As áreas inundadas foram desobstruídas e as encostas que apresentaram preocupação estão estabilizadas. Percebemos que muitos problemas encontrados nessas áreas inundadas aconteceram decorrentes do lixo, que as pessoas jogaram em lugares inapropriados. Em nossas visitas encontramos sofás, lavanderia até uma geladeira descartados de maneira errada nas margens dos rios. Tudo isso impede o escoamento das chuvas. Amanhã teremos mais detalhes após o fechamento dos nossos relatórios”, disse.

Nesta segunda-feira, 20, todos os secretários de São Cristóvão participarão de outra reunião para avaliar os últimos dias. Vale pontuar ainda que a secretaria da saúde começará amanhã (segunda-feira, 20) uma série de visitas à população atingida, verificando possíveis ocorrências de problemas de saúde nas pessoas. A secretaria de serviços urbanos também já intensificou os trabalhos para que ruas e avenidas da cidade fiquem totalmente sem lixo.

A Prefeitura de São Cristóvão pede que a população faça o descarte de seu lixo de forma correta, seguindo o cronograma de coleta domiciliar, que acontece diariamente na cidade.

CompartilharShare on Facebook1Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *








© 2016 Instituto Vegas de Pesquisa de Opinião Pública EIRELI. Todos os direitos reservados.